A última happy hour do ano rolou na última terça (22/11) aqui no Arapyaú. E para fechar o ano com chave de ouro, o bate-papo – desta vez sem vídeo – foi em torno de… mudanças. Patricia Shaw, nossa convidada, é professora de duas escolas inglesas e uma dinamarquesa. Ela falou para um grupo de pessoas atentas, que trabalham em diferentes organizações. Calma, Patricia falava e parava, em pausas às vezes longas, mostrando na prática o que ela nos dizia com palavras: “É preciso estar atento. Poder falar e poder escutar”. (...)


Leia na íntegra




(...) decidi que era hora de vivenciar o que parecia ser para mim o outro extremo da equação: o foco ecológico e a visão sistêmica propostos pela Schumacher College. O curso de três semanas parecia algo extenso demais para uma profissional e mãe de duas crianças como eu, mas eu estava encantada com a proposta de entender melhor “as dimensões do poder e das lideranças em um mundo complexo e mutante”, então decidi encarar a viagem aos campos ingleses, longe de casa e do trabalho. (...)


Leia na íntegra




Satish Kumar é co-fundador do Schumacher College na Inglaterra, um espaço de aprendizagem aberto em 1991destinado a unir ciência, espiritualidade e estudos ambientais. Paralelamente, desde 1973, edita a revista Ressurgence & Ecologist. Foi lá que conheceu o economista alemão E.F.Schumacher, que mais tarde se tornaria sua inspiração para criar a escola. (…)

Clique aqui para visualizar a capa completa.


Leia na íntegra




Voltadas àqueles que não se encaixam nos cursos convencionais, as escolas independentes provocam seus alunos a questionarem modelos econômicos e de comportamento. (...)

Clique aqui para visualizar a capa completa.


Leia na íntegra




Carregar mais Saiu por aí.